Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Privatização da água - Entrevista com um líder de Cochabamba [Bolívia]

Imagem
Por Mariana Pitasse
Do Brasil de Fato
No início de março, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB) sancionou a lei aprovada na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) que permite a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae). A medida foi aprovada mesmo após inúmeras manifestações contrárias. No entanto, militantes e movimentos populares estão se reorganizando para evitar a privatização seja concluída. Nos anos 2000, uma massiva mobilização popular conseguiu expulsar uma transnacional que geria o sistema de água e esgoto de Cochabamba, região central da Bolívia. Para compartilhar a experiência da Guerra da Água, o Sindicalista boliviano Oscar Olivera esteve no Rio de Janeiro a convite do mandato do vereador Renato Cinco (PSol). Em entrevista ao Brasil de Fato, Oscar falou sobre o processo de mercantilização da água e as semelhanças entre as privatizações da Bolívia e do Brasil.
Brasil de Fato: Na sua avaliação, como se…

Importante vídeo sobre a cultura indígena : Os indígenas - Raízes do Brasil [vídeo animação]

Imagem
Um vídeo de animação que trata dos povos indígenas desde a chegada dos portugueses em solo sul-americano. Apresenta, de modo didático, algumas informações preliminares para que possamos melhor compreender quem são esses povos e o que os diferenciam da sociedade não índia. Apresenta a diferença de suas diversas etnias, ritos, idiomas e crenças. Para que possamos ter um olhar mais ético e com alteridade que as culturas nativas merece.

Para saber mais acessem:
http://rizomaestudio.com.br/

Esta obra foi realizada com o patrocínio do Município e Fundação Cultural de Joinville por meio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura.

Choro de Bela - Um surpreendente arranjo para o violão

Imagem
Segundo CD do Maogani, quarteto de violões que conquistou o público não apenas por sua execução refinada e escolha de repertório, mas sobretudo por seus elaborados arranjos, que têm como característica não repetir os originais, mas preservar a estrutura harmônica e melódica da composição. Como disse o grande Guinga:”É o que há de melhor, hoje, em matéria de execução e arranjo para violão no Brasil”.


Porque é importante manter a Sociologia e a Filosofia no Ensino Médio?

Imagem
A Medida Provisória (MP) 746/2016 insere um conjunto de reformas, que na verdade rasga a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), retirando a obrigatoriedade de diversas disciplinas. tal ação foi orquestrada de modo autoritário, via um Decreto - Medida Provisória. Não houve diálogo, audiências públicas, discussão com especialistas em educação. Não foram consultados os professores, os pais e, nem os alunos. 
Diante disso expresso o repúdio contra tal medida que visa acabar com o Ensino Médio de qualidade com vistas a não construir um cidadão crítico e antenado com o mundo a sua volta - mas antes formar mão de obra barata no mercado capitalista!Link da petição AQUI! Por que isto é importante ?A Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS) expressa seu repúdio à exclusão da obrigatoriedade do ensino de sociologia e filosofia do nível médio brasileiro. Esta ação iniciada pela Medida Provisória (MP) 746/2016 insere um conjunto de reformas na etapa final da educação b…

Projeto de Vida - 1 [Introdução]

ABC da diversidade - Interessantes conceitos de Antropologia

Livro “Antropologia e História dos Povos Indígenas em Mato Grosso do Sul” ajuda no conhecimento da realidade dos povos indígenas

Imagem
Rico e atual material paradidático sobre a temática indígena nos aspectos históricos, antropológicos, educacionais e linguísticos, o livro “Antropologia e História dos Povos Indígenas em Mato Grosso do Sul”, organizado pelo professor do CCHS Antônio Hilário Aguilera Urquiza, acaba de ser lançado pela Editora UFMS. Patrocinado pelo Ministério da Educação, o livro reúne textos elaborados por professores especialistas, estudados e debatidos pelos alunos do Curso de Especialização Antropologia e História dos Povos Indígenas. “O livro é fruto de dois cursos de especialização sobre a temática indígena, em parceria com o Governo Federal (SECADI/MEC). O curso de especialização visa à concretização da Lei 11.645 (2008), que propõe a temática indígena em sala de aula”, explica o professor Antônio Hilário. O organizador explica que o curso visou à formação de professores para a compreensão da temática indígena, nacional e regional e para os que são professores, elementos para sere…

Armand Amar e City of Praghe Philharmonic

Imagem

Simulado Enem - Prova A1 -

George Carlin - Eufemismos

Imagem

Atividades de Reflexão 2 - Sociologia

Atividades de Reflexão de Sociologia - Introdução, instituições sociais.

Socialização e a relação entre sociedade e indivíduo - III

Nessa apresentação, do livro "Sociologia em Movimento" da editora Moderna, é discutida a relação entre os agentes de socialização e os indivíduos. A classificação dos níveis de socialização: primário e secundário. É discutida ainda, a interação, papéis sociais e o controle social.
Boa Leitura!
Sociologia em movimento Capítulo 4 from Carol Ávila

Socialização e a relação entre o indivíduo e a sociedade - II

Socioalização e a relação entre indivíduo e sociedade

Contexto histórico do surgimento da sociologia - I (Introdução)

Ética e Moral - I (Introdução)

Aula introdutória sobre Ética e Moral.
A moral como fenômeno histórico.



Ética e Moral from orim84

Deslocamento forçado atinge maide 60 milhões de pessoas

Imagem
Novo levantamento da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) aponta que uma a cada 113 pessoas no mundo é hoje solicitante de refúgio, deslocado interno ou refugiado. Ao final de 2015, pela primeira vez, número de indivíduos forçadamente deslocados ultrapassou os 60 milhões. Atualmente, a cada um minuto, 24 pessoas são deslocadas. Síria, Afeganistão e Somália são os três maiores focos de origem de refugiados.

As dificuldades da Europa em administrar os mais de 1 milhão de refugiados e migrantes que chegaram em seu território pelo mar Mediterrâneo chamou a atenção de muitos em 2015. Mas o relatório do ACNUR mostra que a vasta maioria dos refugiados no mundo está em outros lugares.






Ao todo, 86% dos refugiados sob o mandato da agência da ONU em 2015 se encontravam em países de renda média ou baixa, próximos às áreas de conflito. Este percentual chega a 90% do total de refugiados no mundo quando são incluídos os refugiados palestinos sob os cuidados da Agência das Nações Unid…

Crise Humanitária - Os regugiados (ONU)

Um dos grandes problemas da contemporaneidade é a crise de refugiados. Refugiados são pessoas que se deslocam de seus países por conta de opressão, perseguição política, risco de vida por conta de conflitos armados. Essas pessoas vivem ao extremo com diversas violações de seus direitos humanos. Desde 2011, com o início da Guerra da Síria, a questão tomou proporções alarmantes com milhares de refugiados em trânsito na busca de melhor qualidade de vida. Todavia, o que encontram por vezes são fronteiras supercontroladas por militares em meio a privação de toda ordem - água, abrigo e alimento. Eles são seres humanos e só querem um lugar digno para viver. Ninguém foge de sua terra natal à toa!


Feios, porcos e maus (ode aos herdeiros) - José Miguel

FEIOS, PORCOS E MAUS (ode aos herdeiros)

Compram aos catorze a primeira gravata com as cores do partido que melhor os ilude.
Aos quinze fazem por dar nas vistas no congresso
da jota, seguem a caravana das bases, aclamam
ou apupam pelo cenho das chefias, experimentam
o bailinho das federações de estudantes.
Sempre voluntariosos, a postos sempre,
para as tarefas de limpeza após combate.
São os chamados anos de formação. Aí aprendem
a compor o gesto, a interpretar humores,
a mentir honestamente, aí aprendem a leveza
das palavras, a escolher o vinho, a espumar
de sorriso nos dentes, o sim e o não
mais oportunos. Aos vinte já conhecem
pelo faro o carisma de uns, a menos valia
de outros, enquanto prosseguem vagos estudos
de Direito ou de Economia. Começam, depois
disso, a fazer valer o cartão de sócio: estão à vista
os primeiros cargos, há trabalho de sapa pela frente,
é preciso minar, desminar, intrigar, reunir.
Só os piores conseguem ultrapassar esta fase.
Há então quem vá pelos municípios, quem prefira
os orga…

Existe vida extraterrestre? por Leonardo Boff

Imagem
Por Leonardo Boff
Cientistas da Nasa descobriram uma estrela Trappist-1, distante 39 anos luz da Terra, com sete planetas rochosos, três dos quais com possibilidade de água e assim de vida. Esta descoberta recolocou a questão de eventual vida extraterrestre. Façamos algumas reflexões sobre o tema, fundadas em nomes notáveis na área.
As ciências da Terra e os conhecimentos advindos da nova cosmologia nos habituaram a situar todas as questões no quadro da grande evolução cósmica. Tudo está em processo de gênese, condição para surgir a vida.
A vida é tida como a realidade mais complexa e misteriosa do Universo. O fato é que há cerca de 3,8 bilhões de anos, num oceano ou num brejo primordial, sob a ação de tempestades inimagináveis de raios, de elementos cósmicos do próprio Sol em interação com a geoquímica da Terra, esta levou até à exaustão a complexidade das formas inanimadas. De repente, ultrapassou-se a barreira: estruturaram-se cerca de 20 aminoácidos e quatro bases fosf…

Crowdsourcing

Crowdsourcing (em português, contribuição colaborativa ou colaboração coletiva), é uma palavra-valise em língua inglesa, composta de crowd (multidão) e outsourcing (terceirização) . O termo foi cunhado em 2005 e é definido pelo Dicionário Merriam-Webster como o processo de obtenção de serviços, ideias ou conteúdo mediante a solicitação de contribuições de um grande grupo de pessoas e, especialmente, de uma comunidade online, em vez de usar fornecedores tradicionais ou uma equipe de empregados. Trata-se de um recurso frequentemente utilizado para dividir trabalhos tediosos, tais como aplicar questionários de pesquisa, levantar fundos para empresas iniciantes ou para instituições de caridade, e já era usado offline, antes da era digital.  Por definição, o crowdsourcing combina os esforços de voluntários identificados ou de trabalhadores em tempo parcial, num ambiente onde cada colaborador, por sua própria iniciativa, adiciona uma pequena parte para gerar um resultado maior. O "c…

Obra do Sociólogo Zygmunt Bauman

ZYGMUNT BAUMAN (1925-2016) É UM SOCIÓLOGO POLONÊS, A IDEIA DE MODERNIDADE LÍQUIDA É SEU CONCEITO MAIS POPULAR E PODE SER DEFINIDO COMO O CONJUNTO DE RELAÇÕES QUE SE IMPÕEM E QUE DÃO BASE PARA A CONTEMPORANEIDADE.A modernidade, para Bauman, pode ser definida como um período de liquidez, de volatilidade, de incerteza e insegurança, em que o período anterior, denominado pelo autor como modernidade sólida, seria “substituído” pela lógica do consumo, do gozo e da artificialidade imediatos. Logo, a noção de fluidez e liquidez que marcam a contemporaneidade se manifestam no cotidiano em diversos contextos, como por exemplo, nas relações de trabalho, nos relacionamentos afetivos, na maneira como as identidades se constroem, etc. Assim, para entender melhor estes e outros conceitos de Zygmunt Bauman, separamos 12 livros em PDF, para download. Segue a baixo a lista com todos os títulos disponíveis e, mais abaixo, o link (em vermelho) para o download dos livros: A arte da vida | A so…

Constrói os teus palácios - Ahmed Fouad Negm

Podes construir teus palácios nos nossos campos
com o suor e o trabalho de nossas mãos
podes pôr teus armazens junto às fábricas
e prisões em lugar de jardins,
podes soltar teus cães pelas ruas
e aprisionar-nos
podes roubar-nos o sonho onde desde sempre dormimos,
podes levar-nos ao extremos do sofrimento.

Agora já sabemos quem nos fere,
Estão identificados e unimo-nos
operários, camponeses e estudantes;
chegou a nossa hora
e comprometemo-nos neste caminho sem regresso.
A vitória está ao alcance das nossas mãos,
a vitória vai para além dos nossos horizontes.

Louvor do Revolucionário - Bertolt Brecht

Quando a opressão aumenta
Muitos se desencorajam
Mas a coragem dele cresce.
Ele organiza a luta
Pelo tostão do salário, pela água do chá
E pelo poder no Estado.
Pergunta à propriedade:
Donde vens tu?
Pergunta às opiniões:
A quem aproveitais?

Onde quer que todos calem
Ali falará ele
E onde reina a opressão e se fala do Destino
Ele nomeará os nomes.

Onde se senta à mesa
Senta-se a insatisfação à mesa
A comida estraga-se
E reconhece-se que o quarto é acanhado.

Pra onde quer que o expulsem, para lá
Vai a revolta, e donde é escorraçado
Fica ainda lá o desassossego.

Bertold Brecht, in 'Lendas, Parábolas, Crónicas, Sátiras e outros Poemas'
Tradução de Paulo Quintela

Privatizado - Bertolt Brecht

"Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar.  É da empresa privada o seu passo em frente,  seu pão e seu salário. E agora não contente querem  privatizar o conhecimento, a sabedoria,  o pensamento, que só à humanidade pertence."
Bertolt Brecht

Nada é impossível de mudar - Bertolt Brecht

Nada é impossível de Mudar
"Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. 
E examinai, sobretudo, o que parece habitual. 
Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de 
hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem 
sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, 
de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural 
nada deve parecer impossível de mudar." 

O Analfabeto Político - Bertolt Brecht

"O pior analfabeto é o analfabeto político. 
Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. 
Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, 
do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio 
dependem das decisões políticas. 
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia 
a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, 
o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, 
pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo." 

Bertolt Brecht

Um bom começo de manhã...

"Almas parecidas se reconhecem mesmo estando em meio a tantas outras."
Luan Cunha 


Lendo alguns blogs hoje de manhã li essa frase. Uma bela frase para começar a manhã e refletir sobre a vida nesse mundo. Justamente no momento em que estou atarefado por conta da dissertação, trabalho, escola, casa... enfim. Não tenho crenças sobrenaturais, porém, "almas parecidas" podem significar muitas coisas:

pessoas que se identificam;solidariedade;companheirismo;pessoas engajadas em uma causa que não estão sozinhas no mundo e, é claro;aquele olhar diferente que sentimos no reconhecimento do outro.