Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Deputados derrubam informação dos consumidores sobre os alimentos transgênicos

A coisa só piora!

Não bastasse as várias medidas conservadores pelo qual os brasileiros estão assustados [terceirização, retrocesso da educação nas Universidades Federais, mudanças na lei das domésticas, eucalipto transgênicos liberados, Projeto de Lei (PL) 7.735 que viola o direito de áreas indígenas e de agricultores familiares, ]  foi aprovado o Projeto de Lei 4.148/08 que derruba a rotulagem de alimentos com ingredientes transgênicos.
Antes era obrigatória a rotulagem, com algum símbolo, nos alimentos transgênicos. Agora não há mais como as pessoas saberem se o que estão comprando/consumindo são organismos geneticamente modificados ou um alimento natural.


Foi aprovado no dia 28/04, pela Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 4148/08 do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS), que extingue a rotulagem obrigatória de alimentos com ingredientes transgênicos. Com 320 votos a favor e 135 contra, o projeto praticamente revoga o Decreto 4.680/03 que regulamentava o tema, passando a exigir…

Livro sobre impactos dos agrotóxicos na saúde é lançado

Imagem
Livro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) traz evidências científicas sobre a relação entre agrotóxicos, transgênicos e doenças e diagnostica atual situação destas substância no País



O Dossiê está disponível para download AQUI.



Foi lançado ontem (28/04) na UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) a nova edição do Dossiê Abrasco, trazendo um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde. A data marca também o Dia Mundial da Saúde, comemorado no mês de abril, e os quatro anos de existência da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida. Estiveram presentes diversas organizações que atuam junto à Abrasco no combate ao uso indiscriminado de agrotóxicos e transgênicos, incluindo o Idec. A obra lançada reúne as três partes revisadas do Dossiê Abrasco lançadas ao longo de 2012 e traz ainda uma nova seção chamada “A crise do paradigma do agronegócio e as lutas pela agroecologia”, que traz informações sobre acontecimentos, estudos e …

Atividades de Reflexão 1 2° Bimestre - Filosofia [2°ANO]

O "não pensar"

Imagem
No mundo contemporâneo o ter acaba tendo mais valor do que o ser. O produtos adquirem o "signo da diferença de status". Ainda pior é o fato das pessoas fazerem atos sem pensar. O "não pensar", a falta de reflexão deixa o mundo um lugar sem sentido, não há solidariedade. Os comportamentos são embrutecidos. Acaba a civilização, acaba a humanidade bem antes de começar! A selvageria se instala. A barbárie torna-se o padrão.

Ao invés de fazer o selfie vire a câmera para o outro lado. Observar o mundo é mais interessante. Não obstante, as pessoas querem apenas repetir - cada vez mais do mesmo!

Humanismo Secular

Imagem

Conteúdo de Filosofia - 3°Ano 2° Bimestre

Conteúdo de Filosofia - 2°Ano 2° Bimestre

Conteúdo de Filosofia - 1°Ano 2° Bimestre

Os cinco poemas declamados por Abujamra mais acessados

Imagem
1 – ‘Tratado geral das grandezas do ínfimo’, de Manoel de Barros
“A poesia está guardada nas palavras – é tudo que eu sei.
Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a realidade.
Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossas).
Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado.
Sou fraco para elogios.”

2 – ‘O valioso tempo dos maduros’, Mário de Andrade
Como Abujamra adaptou este poema, nós colocamos abaixo tanto a versão original quanto a alterada.
Original:
“Contei meus anos e descobri que terei
menos tempo para viver daqui
para a frente do que já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que
recebeu uma bacia de cerejas. As primeiras,
ele chupou displicente, mas percebendo
que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde…

PROGRAMA POPULAR: Massa crítica articulada

Morre Abujamra

Imagem
" Esse programa pode não ser uma janela aberta para o mundo, mas é certamente um periscópio sobre o oceano do social" Abujamra sobre o Provocações

Foi um grande apresentador, ator e diretor. Assistia ao programa Provocações a muito tempo. Em suas entrevistas, Abujamra questionava contundentemente o seu interlocutor com diálogos altamente provocativos. Entrevistou várias figuras conhecidas e desconhecidas do brasileiro.
Particularmente, as suas finalizações com declamações de poemas eram fantásticas, vai deixar saudades!




por uol:

Abujamra morreu em sua casa, no dia 28 de abril de 2015, no bairro de Higienópolis. De acordo com informações da TV Globo, a causa da morte foi um infarto do miocárdio. O velório será realizado no Teatro Sérgio Cardoso, na Bela Vista, no fim da tarde desta terça. A página oficial do programa "Provocações" no Facebook divulgou nota lamentando a notícia. "É com grande pesar que informamos que hoje, 28/04/2015, o apresentador de …

Bolsonaro em Campo Grande - MS

Imagem
A polícia militar erra mais uma vez! Não bastasse ser defensora de um Estado, de interesse de mercado, da propriedade, da violência em comunidades e contra certos setores da sociedade, a violência contra a juventude pobre - e negra; agora há uma homenagem a uma certa pessoa. A homenagem é uma medalha de honra que será entregue no dia 22 de abril no Comando Geral da polícia militar.
O questionamento é certo: Qual foi o critério? Por que tal homenagem a uma pessoa que não fez nada para a população? Ao contrário, a figura homenageada é alguém que gosta de polêmicas  e se envolve em vários conflitos - sempre atuando de maneira racista, grosseira e sem respeito com a diversidade.

A polícia tem muita coisa para se preocupar. A polícia militar está um nó só. Para desatar os nós, a melhor coisa é cortá-los.

A HISTÓRIA A MUDANÇA - History of Change

Imagem
No que se refere a sociedade, não é possível alterá-la apenas mudando hábitos e consumo. É preciso que movimentos sociais atuem em prol de estabelecer as transformações significativas da sociedade. Os movimentos sociais são a base para uma outra concepção de mundo e se articulam para manter ou mudar as relações sociais em uma sociedade. Optamos pela mudança! [Miro e Documentário Hoje!]

Completou um ano do Sequesto das meninas nigerianas!

Imagem
Essa semana, no dia 14 de Abril, completou um ano do sequestro das meninas da Nigéria!
Uma violação severa dos Direitos Humanos, e o mundo não acorda para essas questões.





O presidente eleito da Nigéria, Muhamadu Buhari, admitiu nesta terça-feira (14) que não pode prometer o resgate das mais de 200 meninas que seguem em paradeiro desconhecido, um ano depois de terem sido sequestradas pelos islamitas do Boko Haram.
Crianças participam do protesto hoje em frente ao Ministério da Educação da Nigéria para lembrar as garotas sequestradas pelo Boko Haram
Foto: AFP O sequestro, em 14 de abril de 2014, de 276 estudantes de uma escola de ensino médio de Chibok, uma pequena cidade no noroeste da Nigéria, gerou uma onda de indignação em todo o mundo e vários países organizaram nesta terça-feira cerimônias em sua memória.
Apesar de algumas dessas jovens terem conseguido escapar ao longo dos meses, 219 seguem desaparecidas.

Almanaque Delas! baixe a versão eletrônica

Imagem
O almanaque feminista está disponível também em versão eletrônica.
Acesse ALMANAQUE-DELAS


Almanaque D’Elas leva o feminismo para o dia a dia de brasileiras e brasileiros
“Ah! Então, sou feminista” essa é conclusão que a leitora e o leitor terão depois de ler o Almanaque Feminista. A publicação da Rede Nacional Feminista de Saúde, lançada em 30 de março, ganhou versão eletrônica.
O almanaque traça a trajetória do movimento feminista no mundo, suas personagens e lutas em busca de igualdade. Segundo Clair Castilhos, secretaria executiva da Rede Feminista, a publicação busca quebrar tabus e conceitos antigos que afastam mulheres e homens do movimento em busca de igualdade. “Ao final da leitura, é bem possível que as pessoas cheguem a essa conclusão: “Ah! então sou feminista!”, afirmou.
A publicação será distribuída para as oito regionais e dois pontos focais que formam a Rede Nacional Feminista de Saúde – Pará, Paraíba, Paraná, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande d…

"Se a natureza fosse um banco, ja a teriam salvo." Eduardo Galeano (1940-2015)

Imagem
Eduardo Hughes Galeano (Montevidéu, 3 de setembro de 1940 – Montevidéu, 13 de abril de 2015) foi um jornalista e escritoruruguaio.1 É autor de mais de quarenta livros, que já foram traduzidos em diversos idiomas. Suas obras transcendem gêneros ortodoxos, combinando ficção, jornalismo, análise política e História.
Galeano nasceu em 3 de setembro de 1940 em Montevidéu em uma família católica de classe média de ascendência europeia. Na infância, Galeano tinha o sonho de se tornar um jogador de futebol; esse desejo é retratado em algumas de suas obras, como O futebol de sol a sombra (1995). Na adolescência, Galeano trabalhou em empregos nada usuais, como pintor de letreiros, mensageiro, datilógrafo e caixa de banco. Aos 14, vendeu sua primeira charge política para o jornal El Sol, do Partido Socialista. Galeano iniciou sua carreira jornalística no início da década de 1960 como editor do Marcha, influente jornal semanal que tinha como colaboradores Mario Vargas Llosa e Mario Benedetti

Deputados que votaram a favor da terceirização são hostilizados!

Imagem
Revoltado com a atuação de parlamentares no Congresso, um grupo de manifestantes foi ao Aeroporto Internacional de Campo Grande com cartazes  hostilizando cinco representantes de Mato Grosso do Sul em Brasília. Os deputados federais ganharam antipatia de parte dos trabalhadores quando votaram a favor do projeto que regulamenta os contratos de terceirização no setor privado e para as empresas públicas, de economia mista, suas subsidiárias e controladas na União, nos Estados, no Distrito Federal e nos municípios.
Os cartazes, com dizeres: “Procurado- Traidores que votaram contra os direitos dos trabalhadores”, tinha como alvo os deputados que, segundo o grupo, votaram a favor da terceirização:  Elizeu Dionizio (SD),Luiz Henrique Mandetta (DEM), Geraldo Resende (PMDB), Carlos Marun (PMDB), Dagoberto Nogueira (PDT) e  Tereza Cristina (PSB).
O grupo escolheu a segunda-feira para fazer protesto porque é o dia que, geralmente, deputados e senadores voltam para  Brasília, já que…